Tecnologia do Blogger.

Archive for Setembro 2011

O que impele ao silêncio.

Você deve ter notado que não temos escrito muito. Não é por acaso. Ser água que bate em pedra cansa. Mas, como diz o ditado, tanto bate até que fura.

É exaustivo, estressante tentar compreender o que acontece hoje com o Avaí. Por mais que pareça que entendemos, que sabemos como funcionam as coisas no Clube, ou que existe uma sequência lógica de acontecimentos, nada disto nos dá uma noção que possa de alguma maneira animar para a reta final do campeonato.

O avaiano é um ser engraçado. Ele tira forças aparentemente do nada para apoiar o seu time, mesmo sem o menor esboço de reação, sem a menor ideia do quão efetivo seria um ato que beire a loucura. Muito provável que seja a história desse Clube, que reverteu situações quase impossíveis, que faz com que avaiano algum consiga desistir.

Pode ser como eu, que desisti após aquele jogo de domingo. Mas estou aqui, escrevendo só um pouco para dizer aos amigos: a esperança não morreu. Ela só se escondeu embaixo da cama durante algum tempo.

O que pudermos fazer para mostrar aos nossos jogadores a importância de estar na Série A, façamos. A melhor forma de cobrança é o apoio.

O nosso Avaí de volta. - por Luciano Ignácio*.

Quero o nosso Avaí de volta.
Mais uma vez, estamos vivendo uma fase daquelas. Maldita é a palavra correta. 

Incompetência? Mau planejamento? Burrice? Falta de vergonha na cara? Eu poderia colocar inúmeras outras coisas aqui, e tenho certeza que o torcedor que me lê também.

Falando em torcedor... Esse é o único patrimônio do clube que jamais perde a importância, a validade. Não se falando de Avaí Futebol Clube nos últimos anos. Fico lendo no Twitter e no Facebook a torcida se mobilizando, dizendo que estará até o último minuto com o Leão, dizendo acreditar e blá, blá, blá... Penso da mesma forma, mas não fico externando isso demais. Já o fiz em 2010 e essa foi minha cota. Pensei que depois daquela indecências toda, daquela vergonha, esse ano teríamos um time mais competitivo, um time mais forte, uma equipe de verdade. Não temos. Temos um amontoado de jogadores de onde salvam-se menos de um time de linha completo. Insistências como Robinho (apenas para citar um exemplo) não podem ser toleradas. Wélton Felipe é outro que deve ter sido mais uma invenção do Professor Pardal. Alguém disse pra ele: "filho você joga muito. Podia ganhar dinheiro com isso." E o cara acreditou. Essa torcida que no começo do ano nem é pensada pelos "célebres avaianos" que nos ROUBAM nos preços dos ingressos. Sejam eles avulsos, sejam eles de sócios. Sim. Não há outro motivo para qualificar a prática, sendo que logo veremos a bela promoção do ingresso por R$ 10,00. Podem até criar uma nova: "traga toda família para Ressacada e pague R$ 10,00." Quando o time está caindo pelas tabelas, quando o Leão já está quase sem força, aí o ingresso milagrosamente passa pra R$ 10,00.

Como pode um time que é tido como o "time da raça", do "Esse Avaí faz coisa", do "Caldeirão Ressacada" viver dias tão ruins? E o pior é que nem dá pra vir com aquela desculpa esfarrapada da época de série C: "somos perseguidos, somos garfados porque somos de SC." Nem isso! Para diretoria e para alguns jogadores, os resultados ruins e uma possível queda para série B parece não importar. Porque? Porque eles não tem que agüentar (por mais que isso faça parte do esporte) os nossos rivais nos cornetando, fazendo todo tipo de piada com o nosso time, com a nossa história, com o nosso pavilhão. Isso indigna. E o que indigna mais ainda é que eles estão certos. Estamos perdendo de fracos que somos, e não de jogos em que "a sorte" deixou de nos dar aquela mãozinha. Um time que lutou 30 anos - não foram 30 dias - para chegar onde chegou e por barbeiragens de todos os lados, está prestes a ver sua maior glória ruir. Eu sempre tive e ainda tenho claro, ORGULHO de ser Avaiano. Ir pra Ressacada e ver aquele mar azul de gente arrepia. Enche os olhos de lágrimas ao ver o Avaí tomar um gol, e a torcida que cantar: "Vamo, vamo, vamo Avaê..." Torcida de luta, de garra, de fibra. Quem encara todo tipo de dificuldade para apoiar seu clube. E recebe em troca o que vemos aí.

A torcida sozinha não pode salvar o time, se os jogadores (principalmente eles) não encarnarem o espírito do Leão e suarem suas camisas, sujarem seus calções, treinarem ainda mais do que estão treinando e fazer de cada jogo um verdadeiro campo de batalha. Sim. Porque falar na rádio, na internet, no jornal, na tv, todo mundo fala meus amigos, mas partir pra ação... Aí são outros quinhentos! Chega de ficar pedindo pra torcida apoiar, fazer a diferença e etc. Quem conhece, quem vive do Avaí, sabe que ela esteve, está e sempre estará na Ressacada apoiando o time. Com sol, com chuva, na série A ou na Z. Mas por favor diretoria e jogadores, não passem a bola pra nós. Não merecemos tamanha carga.

E pra fechar: quero pedir ao Zunino e aos "boleiros" que vivem ás custas do Avaí atualmente: se permanecermos na série A, por favor, tenham um pingo de decência, de moral, de hombridade e peçam as contas. Se permanecermos, 2012 tem que ser tudo diferente. Diferente mesmo, porque do contrário estaremos daqui a um ano, escrevendo isso tudo de novo.

Se eu confio que ficaremos? Mas com certeza! Sou avaiano meu caro. Agora e para todo sempre, Amém!
*Luciano Ignácio é leitor do blog pode ser encontrado no twitter: @luciano_ignacio.
Tag : ,

Nota dos Torcedores! - por Chuleta Avaiana

A apaixonada torcida alviceleste da equipe composta por alguns "jogadores profissionais" do Avaí Futebol Clube gostaria de comunicar que não suporta mais a rotina de derrotas e vexames protagonizadas por estes atletas que na sua maioria vestem, mas não honram nosso manto.

Aos senhores, ressaltamos que pouco nos importa se concedem entrevistas para o órgão A, B ou C, pois não aguentamos mais ouvir desculpas esfarrapadas. Queremos escutar os atletas gritando dentro das quatro linhas, incentivando seus pares e passando esta energia para as arquibancadas possobilitando reacender o outrora caldeirão.

A nação azurra está sendo morta aos poucos, pela mesma diretoria que aposentou a Camisa 12! Nosso apoio sempre foi incondicional, e ser chamado de "bagaceira" não representa nada diante da humilhação que passamos todos os dias ouvindo piadas em virtude da pífia campanha realizada neste brasileirão. A respeito do profissional de imprensa, seria muito menos vergonhoso emitir uma nota de repúdio, ao invés de fazer este teatrinho e depois alegar respeito ao torcedor para conceder novamente entrevistas.

Então, em respeito aos torcedores avaianos, que na sua maioria também possuem família e se vêem privados nos dias de jogos de filhos e esposas, enfrentando fila, chuva, frio, derrota em cima de derrota e mais fila e gozações, exigimos que se dê por encerrado este período bisonho, amador e negro que somente mancha a história de um clube com 85 anos, ao qual a torcida nunca abandonou, nem mesmo diante do esforço extremo desta diretoria burra, omissa e prepotente.

Queremos deixar claro que, de nossa parte, também não mudamos nossa opinião em relação ao time. Achamos pouco qualificado, com alguns atletas beirando o amadorismo. Além disso, se os senhores jogadores realmente possuem um pingo de vergonha na cara, então devem vestir o nosso manto e honrá-lo até a última rodada. Os senhores jogadores nunca deveriam cogitar a ideia de entrar em campo pressionados, pois sempre apoiamos ao máximo, mesmo nos piores momentos. Os senhores jogadores deveriam ter a humildade de pesquisar a história recente do clube e entenderiam que nossa torcida não é reconhecida como a maior e mais apaixonada à toa.

Apenas entendemos que a nota dos atletas foi mais um ato que vem engrossar as asneiras cometidas no sul da ilha desde 2010. As declarações ou pedido de desculpas de um profissional de imprensa nunca serão maiores e mais importantes que a instituição Avai Futebol Clube. Portanto, façam jus ao salário que recebem, pois não tem sido fácil, pagar para assistir a este show de horrores!

Sofrida Torcida Avaiana.
*Texto integralmente chupinhado da Chuleta Avaiana.
Tag : ,

Marquinhos, sobre William.

"Coitando do William. Eu me coloco no lugar dele. A pressão que tá em cima dele era o que eu sentia aqui. Falei que se ele abaixar a guarda, se um dia a gente jogar de novo aqui no Avaí, vamos fazer de tudo pra honrar a camisa como a gente fez. Falei pra não baixar a guarda, que se não vai tudo por água abaixo. Tá dificil tá, mas se o capitão do time baixar a guarda, e ele é um guerreiro, sei que não vai baixar, tava chateado, aí fica quase que impossível."
Marquinhos Santos, sobre a conversa que teve com William após o final do jogo.
Tag : ,

Conveniência de ser covarde. - Por Alexandre C. Aguiar*

O cara que se esconde por trás de uma vaia é um covarde.

Todos nós sabemos que o time do Avaí é limitado. Não é preciso um "ixpecialista" pra me dizer isso. Eu sei e entendo de futebol. Não sou um profundo conhecedor do futebol, desses que tem diploma, mas aos 50 anos já vi e ouvi o suficiente para entender esse troço jogado dentro de quatro linhas num gramado verde. É complicado ver o time do Avaí jogar, pra quem é amante do futebol.

O Avaí começou esta temporada repetindo o ano de 2010. Não vou me alongar nos detalhes, que já são de conhecimento de todos, mas como cópia xerox, que a cada passagem pela máquina fica pior, copiamos e fizemos mais ruim ainda do que no ano passado. O resultado já foi cantado e decantado em samba, rock e tango para todos. Repetir as mesmas palavras virou disco furado e arranhando.

Por isso, se alguém ainda vai ao jogo do Avaí esperando lances mirabolantes, jogadas apoteóticas, gols de placa ou vitórias épicas, pode tirar o cavalinho da chuva. O sujeito que vai ao jogo do Avaí hoje é porque é avaiano. E disso ninguém duvida. O cara paga muito para pouco futebol. E paga porque quer ver o Avaí.

E aí eu pergunto: por que a vaia?

Quem manda uma vaia sente-se superior. O sujeito que vaia a alguma coisa, obviamente afirma que faz melhor do que aquilo. A constestação é sinal de superioridade, em qualquer ambiente. Ora, mas então, se já sabemos que o time é limitado, que alguns jogadores tem desempenho sofrível, que viveremos, daqui pra frente, de rezas e motivações chorosas, por que a vaia? O sujeito que vaia nesta hora é um covarde, pois está batendo em bêbado e se gaba de ser um lutador de vale-tudo. Chuta cachorro morto e posa de justiceiro.

Claro que alguns analfabetos funcionais me acusarão de desviar o foco e de estar culpando a torcida. Mas para estes eu dedico o meu desprezo. O que falam é farinha que voa com o vento.

Não há mais necessidade da vaia. Não adianta mais chamar o time do Avaí de time sem-vergonha. Apelar, xingar e humilhar, agora, não é mais necessário. Não fará a menor diferença. Tudo isso a gente já sabe. Já foi dito, já foi vaiado, já foi execrado. O Avaí está confirmando, a cada rodada, sua queda à série B. Então, porque a vaia?

A vaia vai levantar o time? Vai fazer o jogador limitado fazer uma jogada de gênio? Definirá que o cara que nunca pôs o pé na bola passe a dividir todas? Fechará a zaga? Vai fazer os gols acontecerem e as vitórias surgirem? Vai fazer o sol sair de trás da peneira? Então, pra quê?

É preferível começarmos a apoiar. E apoiar como nunca antes apoiamos. Nesta hora é que o Avaí precisa mais da gente, como nunca. Apenas nós, torcedores, podemos mudar isso agora. Tudo já foi feito, de certo e de errado, tudo já foi tentado, as lambanças levaram a este estado de coisas. Portanto, a vaia só acelerará a queda, com tudo o que sabemos. E eu, com todas a força do mundo, vou lutar junto com o Avaí instituição, para que não sejamos rebaixados. Porque todos seremos rebaixados, sem distinção. Se o Avaí cair, cai todo mundo.

Claro, exceto aquela meia duzia de seis seguidora da mídia e que adora tripudiar sobre o Avaí. Para eles, tanto faz. O negócio é ser realista. 
 
*Alexandre C. Aguiar é o titular do blog Força Azurra

P.S.: O opinião do blog vidAvaí não é sempre integralmente igual a dos textos aqui reproduzidos.

Uma pergunta, nada mais.

Com o dinheiro que está sendo gasto para contratar jogadores que claramente não reforçarão o Leão, não seria muito melhor arcar com os custos de ingressos a R$10?

Essa é a única pergunta que tenho a fazer por hoje.

Problemas no blog.

Estamos com dois problemas no blog.

  1. Sumiu a Lista de Leitura Diária. Teremos que refazer.
  2. Por mais que estejamos sempre atualizando, ele não aparece atualizado no sidebar dos blogs parceiros.

Já curtiu o vidAvaí no Facebook? Já segue no Twitter?

A barra lateral do blog serve justamente para o leitor poder estar sempre por dentro de tudo, mesmo quando não há atualizações no blog.

Se está, por exemplo, esperando um post sobre o jogo contra o Fluminense, já aviso que provavelmente não haverá. Não tenho saco para repetir textos. Mas a vida avaiana nunca está parada. Fique atento no vidAvaí nas outras redes sociais, onde o dinamismo é outro e a interação conosco é até maior. Se preferir, utilize as redes sociais para saber quando há atualizações. 

O vidAvaí não para!
Tag : ,

- Copyright © vidAvaí - Skyblue - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -