Tecnologia do Blogger.

Archive for Abril 2010

Sinta-se um otário.

Você que torce para o Avaí: Otário.

Você que sofre, sorri, luta, briga, discute e defende o Avaí: Otário.

Você que se indignou quando roubaram R$120 milhões do Estado de Santa Catarina e lavaram numa em instituição esportiva com a conivência da Imprensa: Otário.

Você que perde tempo ouvindo futebol no rádio, lendo colunas esportivas, blogs e transmissões de TV: Otário.

Você que gasta dinheiro comprando camisa, bandeira, boné, agasalho: Otário.

Você que gasta dinheiro em gasolina ou em passagens para acompanhar o Avaí fora de Florianópolis: Otário.

Você que financia o futebol catarinense indo ao Estádio ou se associando a um time: Otário.

Boos, Fateco, Felipinho, Saulzinho, Nizeta, Botafogo, Bráulio, Arnaldo Pinto de Oliveira, Walter Lange, Aderbal Ramos da Silva, Joel Vieira, João Rosa Jr., João Pinto, Amadeu Horn, Tullo Cavallazzi, Deodato, Matagato, Rogério Doi, Sérgio Murilo, Salum, Pico e demais avaianos que já se foram e um dia gastaram tempo, dinheiro e anos de sua vida defendendo o Avaí: Otários.

Miguel, Fantick, Adilson, Mano, Jefferson Douglas, Helton, Luiz Fernando, Marquinhos, Régis, Dirlei, Serginho, Grizzo, Alex Rossi, Dão, Cuca: Otários.

Você que torceu e sofreu por Miguel, Fantick, Adilson, Mano, Jefferson Douglas, Helton, Luiz Fernando, Marquinhos, Régis, Dirlei, Serginho, Grizzo, Alex Rossi, Dão, Cuca e achou que eles poderiam vencer: Otário.

Você que acredita que um Time de Guerreiros pode vencer o Joinville, pode vencer Paulo Henrique de Godoy Bezerra, Célio Amorim e Delfim de Pádua Peixoto Filho: Parabéns, você é um avaiano de verdade. E sabe o pior de tudo? Eu também acredito.

Surge o 1º problema para a final

Chega de Copa do Brasil! Foco total na final do campeonato, daqui em diante. O Avaí vem de uma exibição brilhante e, apesar dos desfalques, dois grandes nomes devem retornar ao time, Sávio e Vandinho. No entanto, surge o primeiro problema avaiano para a final: Célio Amorim, o nome da bolinha que deve cair para apitar o jogo em Joinville.

Afilhado de Delfim, que fez de tudo para torná-lo aspirante Fifa, Celinho foi convidado para apitar a fase final de um campeonato no nordeste, mas padinho disse não. Padinho quer vê-lo em Santa Catarina, apitando Joinville e Avaí.

Se o Avaí jogar o que jogou contra o Grêmio, passa por cima do Joinville, de Celinho e de Delfim. O problema é se voltar a apresentar o futebol burocrático e sem criatividade de antes da eliminação da Copa do Brasil. Se assim for, no 11 contra 11 temos chances, mas no 11 contra 15 fica um pouquinho mais difícil...

A imprensa quer empurrar Paulo Henrique "Assalto do Século" Godoy Bezerra goela abaixo. Enquanto isso, arbitragens decentes como as de Sálvio Espindola e Heber Roberto Lopes ficam mais distantes da final do catarinense...
Tag : ,

Ahá, uhul! A PM é nossa!

Santa coincidência o Avaí levantar a taça em homenagem à Polícia Militar, não? Depois de sofrermos com a opressão da PM nas mais variadas ocasiões, a pior de todas - que fere a Constituição na alma - caracterizada na figura do Tenente-coronel Newton Ramlow (o que nunca será, nunca!), que proibiu qualquer apetrecho rosa na Ressacada quando da ocorrência da revelação do século: ah, mas que gracinha! Time da barbie joga de rosinha!

Proibindo a presença de qualquer coisa que fosse rosa na Ressacada por simples vergonha do time para o qual o Comandante torce, a PM viu a nação avaiana levar suas crianças vestidas de rosa e nada pôde fazer. É assim, sim, senhor: ninguém pode com os avaianos.

Claro, esse problema é um dos mais graves, mas como esquecer das agressões ao torcedor do Avaí em Chapecó, ou da agressão ao torcedor da Chapecoense aqui em Floripa, justamente nos jogos das finais do Catarinense? Como esquecer as palavras que ouvimos ao reportar algum problema à Polícia Militar dentro dos estádios com um simples: deixem se matarem!

Como ignorar a ausência de Polícia eficaz em pleno Centro da cidade, onde lojas avaianas são roubadas e têm os ingressos para os jogos afanados justamente em dias de jogos contra o Figueirense? Como ignorar a omissão da Polícia Militar de Santa Catarina quanto ao episódio em que homens armados foram até à bilheteria da Ressacada exigindo ingressos gratuitamente, novamente em vésperas de clássico?

Como ignorar a postura do Tenente-Coronel, que aconteça o que acontecer sempre busca ironizar e incriminar a torcida avaiana, fechando os olhos para a torcida do Estreito?

Levantaria a taça da PM de cabeça para baixo, não fossem os bons policiais que não se deixam levar por essa onda de safadeza que instalou-se. Quantos mais torcedores avaianos terão que apanhar para que essa palhaçada acabe? Para finalizar, aos perdedores fardados que não honram a principal instituição zeladora da ordem, colocando suas paixões acima do dever:

AHÁ, UHUL! A PM É NOSSA!

Tag : ,

Alô, Major Newton! Novo assalto ao Avaí!

E o tal Major Newton - que já não é mais Major, mas quem se importa... - que curiosamente costuma visitar o vestiário do Figueirense antes dos Clássicos e disse estar de olho na Torcida Mancha Azul, deveria desviar um pouquinho seu olhar e olhar para as torcidas organizadas do além-pontes, inclusive aquelas do time do seu coração...

A informação é do Twitter do presidente Zunino: neste final de semana, um posto de venda de ingressos do Avaí foi NOVAMENTE assaltado em véspera do Clássico. Será mera coincidência? Lembrando que no Clássico passado isso já havia acontecido, embora a imprensa curiosamente não tenha repercutido a notícia.

O gol de Davi e o Créu na RBS!

Depois do Figueirense, quem mais sentiu o Créu da Ressacada foi a gauchada da RBS, que gastou fôlego a toa para promover um tal de "Rebolation", como se algum dia o Figueirense tivesse aplicado a referida rebolatividade em algum adversário. A encomenda encalhou no baixio da Costeira e agora a gauchada volta ardida para casa, com a versão 2.0.1.0 do Créu.

Créu na velocidade um, um gol de Davi, que saiu do limbo direto para a titularidade e para os anais da história. Davi venceu seu Golias no Domingo a tarde, venceu a desconfiança, o descrédito e mesmo não fazendo uma grande partida, teve a moral de pedir a bola, chamar a responsabilidade e colocar lá dentro.

Quando Davi pegou a bola me lembrei de Nicolás Raimondi, no amistoso contra o FC Dallas. Vaiado o jogo inteiro todas as vezes que tocava na bola, quando o Avaí teve um penalti a seu favor Nicolás não titubeou. Pegou a bola para si, chamou a responsabilidade, colocou lá dentro e saiu apontando para a noiva na arquibancada. Era para ela, sua noiva, que Nicolás marcou aquele gol, não para a torcida ou para o Avai.

Desconheço para quem Davi marcou o seu gol. Nós, avaianos? Luiz Alberto? Seus familiares e amigos? Para si próprio? Pouco importa. Ao contrário do gol de Nicolás, o gol de Davi é da História. A História que eternizará aquela tarde de domingo, quando um gol de Davi desclassificou o Time das Letras do Campeonato e colocou o Avaí na final da competição. Obrigado, Davi!

(Foto Davi: José Tiago Albuquerque.).

Tag : ,

O ato falho de Fábio Koff

Notícia do Esporte Band: após ser reeleito presidente do Clube dos 13, Fábio Koff afirmou que é a favor da entrada de mais 20 times no Clube dos 13, elevando o número de agremiações para 40.

Koff afirmou que "os Clubes da Série B e também os Clubes da Série B que estão na Série A" - em referência à Atlétigo-GO, Avaí, Grêmio Prudente e Ceará - serão convidados.

Aí eu pergunto: existem clubes da Série B que estão na Série A? Então, há uma naturalização do status quo das equipes e há times que mesmo que estivessem na Série C são da Série A e que mesmo na Série A são da Série B? As vagas não são conquistadas no campo e sim na camisa que vestem?

Esse pequeno ato falho de Fábio Koff, que poderia passar despercebido, demonstra bem o pensamento pequeno, corporativista, subdesenvolvido e anti-ético de Fábio Koff e das ditas "elites" do futebol brasileiro. Demonstra também que Fábio Koff, até quando agrada (se confirmada a decisão deve diminuir um pouco o abismo entre os clubes), fala bobagem.

É esse tipo de pensamento de Fábio Koff - que naturaliza hierarquias e hegemonias - que permite janelas e viradas de mesa no futebol. Não por coincidencia, é este mesmo Fábio Koff que interviu decisivamente para abrir a janela usada pelo Figueirense quando invadiu a Série B pela porta dos fundos.
Pobre Saulzinho...
Tag : ,

Noite de Vandinho: Faltam 32...

É hoje! Logo mais, entra em campo Vandinho, o artilheiro dos gols disfêmicos, o craque avaiano em sua busca ao gol sagrado.



Faltam 32.

(Vídeo: Eduardo Santos. "Artilheiro dos gols disfêmicos", todos os direitos reservados a Eduardo R. Goedert.).

Tag : ,

Campanha Pró-Bezerra?

Atenção, Avaí! O dito "jornalismo esportivo" da RBS agora quer fazer campanha pró-Bezerra, quem sabe para ele apitar um possível clássico na final do returno, caso seja esta a combinação de resultados. Eles se dividem entre os que chegaram agora e querem sentar na janelinha, como Renato Semensatti e as raposas velhas que sabem muito bem como as coisas funcionam e se fingem de desentendidas, como Roberto Alves, que em sua coluna de hoje tacou:

"Bobagem
Paulo Henrique Bezerra é o melhor árbitro do Estado. Precisamos terminar com esta história de que ele não pode trabalhar em jogos desta ou daquela equipe, por conta de algum equívoco de marcação no passado. Outros árbitros também estão nesta situação. Do jeito que vai, daqui a pouco teremos que importar árbitros para grandes jogos".

Aceitar a escalação de árbitro de futebol ex-integrante de torcida organizada tricolor e que já demonstrou o que pode fazer em nome de suas paixões clubísticas - e sabe-se lá mais o que - em 1999, é um deboche.

Se algum dia a direção do Avaí permitir que este cidadão apite um jogo oficial e decisivo, é um deboche e um tapa na cara da torcida avaiana. Faço campanha não só contra a escalação deste cidadão como contra a Diretoria avaiana que um dia permitir esta atrocidade.
Jogo do Avaí apitado por Bezerra eu não assisto. Não vou, faço campanha contra o jogo e contra quem permitiu essa manifestação de menosprezo contra a História, a torcida, aos jogadores que entraram em campo no Assalto do Século e a instituição Avaí.

Entre trocar as intenções duvidosas de um Celinho ou Zé Acácio pelas intenções certeiras, prefiro as duvidosas.

O Imperador da Ilha!

E o Imperador Vandigol(s) voltou!


E na contagem regressiva, só faltam mais 34...

(Apelido de Imperador é uma sugestão do amigo leitor José Tiago M. de Albuquerque. Imagem: Hermes.).
Tag : ,

Para Blumenau!

A exemplo do ano passado, resolveremos a classificação final do returno em território blumenauense.

Espera-se, também, que a torcida avaiana compareça em grande número na capital do chopp, para que apoie a equipe avaiana neste difícil desafio.

Temos, nesta Quarta-feira, de invadir Blumenau e empurrar o Avaí, exatamente como fizemos em 2009. Quem foi na oportunidade passada tem ciência da importância que possuiu a nação avaiana naquele jogo, em que vencemos o escrete da casa e levamos o segundo turno do Catarininha 2009, torneio que conquistaríamos logo após.

Lembrem-se: é vencer agora para não ter que jogar fora de casa na final do returno!

Podemos fazer a diferença!

Para Blumenau!
Tag : ,

Elenco do Avaí deve sofrer novo desmanche.



Caso se confirme o bom desempenho no Catarinense e também na Copa do Brasil, o time do Avaí pode vir a perder peças importantes novamente, só que dessa vez antes mesmo de começar o Campeonato Brasileiro. As informação são extra-oficiais, diretamente da Ressacada.

Equipes como Corinthians, interessadas em goleiros reservas de qualidade, estão sondando Zé Carlos para compor elenco. A equipe corinthiana também estaria interessada em Eduardo Martini, ex-Avaí e atual goleiro da Ponte Preta.

Outro que pode sair é o lateral direito Patric, que provavelmente deverá voltar ao Cruzeiro, clube em que foi revelado. Já o atacante Vandinho, ídolo da torcida, deve jogar no Grêmio a pedido do técnico Silas, a informação, porém, não é confirmada pela diretoria do Grêmio. Segundo Duda Kroeff, qualquer informação relacionada a transferências de jogadores só serão apresentadas após o término do Gauchão e que o Grêmio também não precisa de mais um atacante no momento. Fredson pode voltar ao Goiás sem nem ter jogado pelo Avaí, diz-se pelos corredores do templo sagrado avaiano.

Mas a informação que mais causa surpresa seria a proposta já feita pelo Bayern Leverkusen pelo zagueiro Emerson. Segundo a fonte da Ressacada, a proposta teria sido irrecusável e incluiria um jogador do time alemão como parte do pagamento - não foi informado qual jogador viria. Sávio estaria na mira de um time espanhol, mas dificilmente sairá pela proposta feita, muito inferior à apresentada pelo L.A. Galaxy, time de Beckham nos EUA.

O empresário Luis Alberto, principal parceiro do Avaí e responsável direto pelo sucesso da equipe nos últimos anos, quando procurado pelo blogueiro, disse estar surpreso pelo fato da informação ter vazado, mas confirma a existência de 3 propostas, sem dizer quis, e que estas seriam irrecusáveis, por isso mesmo o novo "pacote" de jogadores para o Brasileirão deve ser ampliado, porém será difícil achar jogadores tão bons em pouco tempo.

Agora pode botar um sorriso no rosto porque é 1º de abril!















Tag : ,

- Copyright © vidAvaí - Skyblue - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -